A Questão-Chave Numa Entrevista De Emprego

A Questão-Chave Numa Entrevista De Emprego 1

Quando um currículo, por mais generoso que possa ser, não garante um posto de serviço à tua altura, como As mídias sociais e inteligência artificial estão revolucionando a seleção de pessoal até o ponto de que um robô podes fazer a primeira seleção entre os candidatos.

Mas, seja qual for o tipo de testes que necessitam ultrapassar os candidatos, desde o casting em grupo, o room escape ou a entrevista com questões surreais do tipo: o Qual é atualmente essa pergunta chave? De acordo com incalculáveis especialistas em recursos humanos consultados, cada recrutamento é desigual, de acordo com o perfil procurado no instante.

Mas concordam que, se tivessem que escolher uma única pergunta para acertar o futuro empregado, essa seria: Não é nova, estupendo ou rebuscada. Mas sim, é, dizem, a pergunta do milhão: a mais direta, uma versão ampliada da clássica ” você “. Além do mais, apresenta suporte a algumas abordagens, com o qual o entrevistado acaba investigando-se com a sua resposta, pelo motivo de deixa a descoberto qual é a sua verdadeira motivação ao escolher a este trabalho. É como solicitar ao candidato: “Véndete a si mesmo.

Entre em frente ao espelho e defenda a tua candidatura”. Para Esperança Ribas, diretora da People & Organization-de-Mars Iberia, e Henrique Puig, responsável de recursos humanos da Ikea Ibérica, a outra pergunta que tomará vai ligada a seus próprios princípios, como organização: o

Daí não só empurra pro candidato a desvendar sua personalidade, porém que revela até que ponto se encaixa com a marca. Um dos tópicos mais comuns está vinculada aos seus próprios princípios como uma corporação: O caso da multinacional sueca, Puig lembre-se o caso estimulado de alguém que chegou pra entrevista com uma caixa de ferramentas por se tinha que elaborar algum de seu mobiliário.

  1. 3 exemplos de IA em aplicações: música, educação secular e assistente virtual
  2. 2019 – Almeria, Espanha. 11 a 13 de setembro[151]
  3. Motivo de relatório: Insultos
  4. Manter o público pela ignorância e mediocridade

“E foi contratada, por sinal”. Mônica Osborne, da L’Oréal Portugal, aposta por lançar a tua pergunta essencial ao conclusão da entrevista. Seria esta: o que pergunta não fiz e deveria fazer? “Se descolocan um tanto, lhes potência a meditar e a agir.

trata-Se de que pensem, que digam: “Já entendo quem é L’Oréal e eles sabem de mim. Agora vou estrujarme a cabeça para visualizar como marco a diferença, como completo o meu personal fit”. É essa capacidade de improvisação, que demonstrou um jovem, tenha em mente, que procedia do setor de alimentos, no momento em que lhe pedimos que nos vender um perfume.

Fiquei impressionado com a forma em que improvisou uma história e a paixão que lhe pôs. Isso se trata, em razão de também é respeitável que o trabalhador desfrute”. Em geral, os especialistas não são partidários de botar “ratoeiras”. Esse mito das provas complicados e estressantes não corresponde, salientam, com a realidade atual, pelo menos no teu local. Perguntas inesperadas ou surreais do tipo: “Quantas bolas de ping-pong cabem em um avião?

Categories: Tecnologia

Tags: