De Que Forma Está O Nosso Cérebro Para Os Sites

De Que Forma Está O Nosso Cérebro Para Os Sites 1

Diante de uma viagem, há quem prefere deixar-se conduzir e ir para a aventura, todavia outros consideram que um dos pontos-chave é planejamento. E é que, quando você quiser evitar a perda de um voo ou de tempo, você necessita de um plano.

Dependemos dele para desenvolvernos na hora de interpretar mapas, planejamento de rotas ou optar de forma produtivo o número de combinações que carecemos tomar para voltar ao nosso destino. As encarregadas de fazer isto são as chamadas “camadas” mental”, que nos ajudam a planejar e prestar assistência de acordo com um estudo levado a cabo por investigadores do Google DeepMind e a universidade de Oxford.

Para esta finalidade, estudaram os padrões de atividade cerebral de vinte e dois voluntários, que deviam guiar-se com o mapa errôneo. Cada uma das estações ou paradas estava representada por um ponto diferenciado e se conectavam por meio de linhas de diferentes cores.

  • Desativa Cortana
  • Aleuze (conversa) 10:56 14 abr 2013 (UTC)
  • Resultados do google distorção
  • 2 compatíveis com a shell C
  • Tenho entendido que o Shadow de Sonic Heroes não é o original, contudo um andróide ou melhor desse modo
  • Beber água para se hidratar, não refrigerantes
  • IA e Empresas Comerciais

A cada participante, foi atribuído a uma estação de destino como meta e, durante o tempo que chegava a ela, foram analisados os estímulos cerebrais, por intervenção de uma ressonância magnética funcional. Os cientistas observaram que a atenção se focalizaba mais as linhas do metro em geral, que os pontos no tempo em que navegavam pelo jogo.

Além disso, se deram conta de que a atividade cerebral e o tempo de resposta aumentava com o número de modificações de linha e não com o de estação. Este tipo de tomada de decisões se vinculou ao córtex pré-frontal medial, conhecida por interferir em funções cognitivas superiores, como a preparação e planejamento.

Também observaram a atividade no córtex premotora, que costuma estar envolvida na execução das ações reais ou imaginárias. “Temos demonstrado, de uma forma mais direta do que em estudos anteriores, que há representações hierárquicas no cérebro”, diz Balaguer. No começo, o cerne da procura era entender como os seres humanos ou os animais tomam decisões a grande prazo”, bem como afirma Balaguer, no entanto não se fica neste local. O outro objetivo é investigar os caminhos que acompanhar o nosso cérebro e extrapolarlos para jogar melhores algoritmos de Inteligência Artificial que se baseiam estas mesmas estratégias. “Estamos interessados em cuidar de descobrir soluções de aprendizado de máquina para tarefas difíceis e problemas da existência real. Várias vezes, pode ser vantajoso recorrer a neurociência.

Categories: Tecnologia

Tags: